Diferença entre auditoria interna e extern

Se você está considerando uma carreira em auditoria, saiba que existem vários tipos de empregos nos quais você pode usar tais habilidades e treinamento específico. Você pode ser um auditor interno ou externo, por exemplo. Mas existem diferenças em termos de requisitos, política de trabalho, empregador e responsabilidades entre eles. Então, qual trabalho você escolheria? Você sabe a diferença? Confira este artigo e saiba mais sobre auditoria interna e externa.

Tabela de resumo

Auditoria interna Auditoria externa
É feito por funcionários da empresa É feito por uma empresa externa
O relatório é apresentado aos gestores O relatório é apresentado aos acionistas
Faz a gestão de riscos e analisa a estrutura da empresa, procedimentos e gestão de recursos e sistemas de informação Tem uma estrutura padronizada e se concentra principalmente nas demonstrações financeiras e no atendimento aos requisitos legais
Pode ser feito sob demanda É regulamentado e pode ser feito uma vez por ano
Pode ser seguido por sessões de consultoria dos auditores No caso de serem encontrados problemas, pode ser seguido por uma “carta de gestão”; mas há suporte limitado de auditores externos

Uma auditoria interna é um processo de avaliação feito internamente por uma equipe de profissionais. O objetivo da auditoria interna é fornecer uma visão objetiva da empresa a partir de dentro. Isso inclui gerenciamento de riscos, comportamento dos funcionários, controle de qualidade, política interna, estrutura organizacional, sistema de informações e gerenciamento de recursos. Fazer uma auditoria interna pode ajudar a melhorar todos os processos da empresa. Isso pode ser feito com a freqüência necessária e pode envolver apenas um departamento, se necessário.

Essas auditorias podem ser anunciadas ou não. Com auditorias periódicas anunciadas, você garante que a documentação a ser auditada está preparada para que tudo corra bem. Sem falar que manter um cronograma de auditorias torna as pessoas mais cuidadosas em seus trabalhos, pois sabem que serão revisadas. As auditorias não anunciadas podem causar um pouco de caos, mas são o caminho a percorrer quando alguém na gerência suspeita de comportamento antiético em qualquer um dos departamentos.

Entre os procedimentos aos quais os auditores internos podem recorrer, estão as entrevistas individuais, a consulta à documentação existente, o confronto das demonstrações financeiras, a procura de erros em todos os documentos e a realização física do inventário.

Uma auditoria externa é exigida por lei em vários casos ou pode ser exigida pelo conselho de acionistas. É feito por uma empresa independente, sem envolvimento na contabilidade e na organização da empresa. O relatório resultante desta auditoria é apresentado aos acionistas da corporação. De forma geral, o principal objetivo da auditoria externa é garantir que as ações da empresa estejam de acordo com todas as regulamentações. Isso implica também que o relatório apresentado ao final é padronizado e deve informar se foram ou não detectados problemas específicos.

O formato da auditoria externa geralmente é padronizado. Nos casos em que forem encontrados problemas específicos, os auditores externos podem formular uma “carta à administração” para tratar de questões específicas.

Auditoria Interna vs Externa

Então, qual é a diferença entre auditoria interna e externa?

A principal diferença entre eles consiste no relacionamento com as entidades auditadas. As auditorias internas são feitas por funcionários da mesma empresa, enquanto os auditores externos não devem ter vínculo com a empresa. Portanto, ao realizar a auditoria dentro da empresa, os auditores internos estarão mais orientados a buscar maneiras de melhorar os processos atuais, enquanto os auditores externos tentarão se certificar de que todos os processos da empresa são legais e de acordo com as regulamentações do setor. A auditoria externa é padronizada e regulamentada. Ajuda a manter as coisas sob controle, em vez de ajudar a empresa a melhorar.

Além disso, os auditores internos reportam-se aos gestores envolvidos com o objeto da auditoria, ao Conselho ou à comissão de auditoria. Já os auditores externos reportam-se aos acionistas ou à autoridade estatal que solicitou a auditoria para efeitos jurídicos.

Os relatórios dos auditores internos são customizados desde que entendam a empresa. Eles sabem onde procurar e às vezes podem ter uma visão mais ampla dos problemas que cada departamento está enfrentando. Isso também significa que eles têm acesso a auditorias anteriores e podem saber avaliar uma situação em relação à anterior. Por outro lado, como as auditorias externas são padronizadas, buscam problemas fiscais e jurídicos específicos. O feedback recebido também se limita a um relatório e uma “carta à administração” em casos específicos.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *