Diferença entre oração e súplica

Em termos de religião, a oração é um dos atos religiosos mais significativos realizados por uma pessoa, que é realizada por uma pessoa com um determinado objetivo. O ato de oração também é conhecido como súplica, adoração, devoção, etc. A oração é realizada por uma pessoa com a esperança de que suas orações serão respondidas pelo Deus Todo-Poderoso. Existem vários tipos de orações e cada oração tem seu próprio significado e significado. Existem também algumas diferenças importantes entre o ato de oração e súplica. Portanto, este artigo tem como objetivo destacar as diferenças entre oração e súplica.

Tabela de resumo

Oração Súplica
Realizado em horários fixos Pode ser executado a qualquer momento.
Dito por todos. Não é obrigatória.
Para glorificar a Deus. Para buscar um favor de Deus.
Livre de emoções. Emocional.

A oração é a oferta da alma a Deus, em um discurso de louvor, petição ou ação de graças. A oração é oferecida de diferentes maneiras e para diferentes propósitos. A oração pode ser dita em voz alta ou silenciosamente; pode ser feito para uma determinada pessoa ou grupo, ou para todos os homens; pode ser feito para os vivos ou para os mortos; pode ser oferecido de forma privada ou pública. A definição básica de oração é “uma petição solene a Deus por misericórdia ou graça”.

Existem três tipos de oração: vocal, mental e contemplativa. A oração vocal é aquela que é feita com a boca e ouvida pelos outros. A oração mental é aquela que é feita apenas com a mente. Além disso, a oração contemplativa é aquela que se faz no silêncio, quando a mente e o coração estão absortos em Deus.

O Alcorão descreve três tipos diferentes de orações; dois deles estão neste mundo e um após a morte. O primeiro é descrito como uma forma de devoção a Deus sentado, em pé ou deitado de lado. O segundo tipo de oração mencionado no Alcorão descreve um grupo de crentes orando juntos à noite. Este tipo de oração é realizado à noite após completar as orações diárias ou durante o Ramadã, quando os muçulmanos jejuam durante o dia. O terceiro tipo descrito no Alcorão é onde as almas oram pelo perdão de seu Senhor no Dia do Julgamento. Este tipo de oração não envolve nenhum movimento corporal, mas envolve todas as nossas faculdades e nosso espírito (coração).

O ato de orar existe desde o início dos tempos. É difícil rastrear a data ou hora exata em que a oração foi inventada, mas sabe-se que todas as religiões usam alguma forma de oração. A primeira oração registrada data de 4000 AC. Ela foi descoberta em uma tábua de argila encontrada na Mesopotâmia (hoje Iraque). A tabuinha tinha uma oração suméria e é a oração escrita mais antiga do mundo.

A palavra “oração” vem da palavra latina “precari”, que significa “pedir algo com sinceridade”. A oração existe há milhares de anos e é usada em quase todas as culturas do mundo.

Na religião judaica, a oração é conhecida como “tefilá”, que significa “oração”. O foco principal da oração judaica é louvar a Deus e pedir perdão. Na religião judaica, as orações são feitas três vezes ao dia. Existem orações matinais, orações vespertinas e orações noturnas. O líder da oração (ou o rabino) faz as orações em hebraico e o resto da congregação repete o que ele diz. Antes de começar a oração, há uma leitura da Torá.

No budismo, acredita-se que tudo na vida acontece por destino ou destino e não há nada que você possa fazer a respeito; você só pode tentar aceitá-lo. Os budistas acreditam que orar a Deus não mudará seu destino porque tudo já foi escrito pelo destino. Eles acreditam que devem ser gratos pelo que têm na vida e aceitar o que lhes acontece. Os budistas não adoram a Deus, mas oram a Buda. Quando um budista ora, ele se ajoelha e junta as mãos na frente do rosto. Eles também oram antes das refeições.

O termo “súplica”, entretanto, não é muito popular em inglês. A palavra é derivada da palavra latina supplicare, que significa “implorar”. Quando dizemos “súplica”, nos referimos a um pedido formal e sério ou oração a Deus.

Oração vs súplica

Uma oração é uma ação ritualística formal para se conectar com Deus. A oração não é uma súplica, é um endereço a Deus e não uma petição. O primeiro é glorificar a Deus, enquanto o último é buscar o favor de Deus. Em uma oração, deve-se estar livre de todas as emoções. A oração é formal, mas a súplica é emocional.

Por exemplo, no Islã, a palavra árabe “Salat” é a palavra para oração. É um dever obrigatório para todos os muçulmanos realizarem atividades cinco vezes ao dia.

A palavra árabe “Du’a” significa súplica. É um ato de adoração realizado em qualquer forma de expressão, exceto a oração obrigatória, pela pessoa que deseja fazer um pedido a Allah.

Pode-se fazer uma súplica ao acordar de manhã ou antes de ir para a cama à noite ou durante sua viagem, etc. O principal objetivo da súplica é fazer um pedido a Allah Todo-Poderoso e implorar a Ele. O resultado da súplica pode ser concedido ou negado por Allah Todo-Poderoso.

Outras religiões como o cristianismo, o hinduísmo, o budismo etc. também praticam a oração oferecendo orações a Deus, mas a prática da súplica é mais proeminente no islamismo. Isso ocorre porque, a religião islâmica foi revelada ao Profeta Muhammad (PECE) como um “modo de vida completo”. Conseqüentemente, o Islã não apenas abrange todos os aspectos da adoração, mas também inclui os assuntos mundanos. Portanto, é obrigatório para um muçulmano orar cinco vezes ao dia e fazer súplicas a Allah Todo-Poderoso entre as orações obrigatórias.

Leave a Comment

Your email address will not be published.