Diferença entre propriedades intensivas e extensas

Aprendemos sobre propriedades intensivas e extensas em Química. No entanto, nem todos nós ainda somos capazes de diferenciá-los. Se você sabe a diferença deles, parabéns para você! Mas se você precisa de uma atualização rápida sobre este tópico, você está no lugar certo. Neste artigo, discutiremos a diferença entre propriedades intensivas e extensivas.

Aprendemos sobre propriedades intensivas e extensas em Química. No entanto, nem todos nós ainda somos capazes de diferenciá-los. Se você sabe a diferença deles, parabéns para você! Mas se você precisa de uma atualização rápida sobre este tópico, você está no lugar certo. Neste artigo, discutiremos a diferença entre propriedades intensivas e extensivas.

Propriedades intensivas são propriedades que não são afetadas pela quantidade de matéria. Eles são “intrínsecos” ou essenciais à natureza da substância. Por exemplo, se eu derramar duas xícaras de leite em uma tigela e adicionar mais duas xícaras depois, a cor do leite, que é uma de suas propriedades intensivas, permanecerá a mesma.

Outros exemplos de propriedades intensivas são:

  1. Pressão
  2. Densidade
  3. Temperatura
  4. Ponto de ebulição
  5. Ponto de fusão
  6. Estado da matéria
  7. Odor
  8. Dureza
  9. Maleabilidade
  10. Ductilidade

Por outro lado, propriedades extensas são propriedades que dependem da extensão da matéria. Por exemplo, se você adicionar um quilo de farinha a outro quilo de farinha, o peso ou peso da farinha dobrará. Aqui estão alguns exemplos de propriedades extensas:

  1. Massa
  2. Tamanho
  3. Volume
  4. Comprimento
  5. Momentum total
  6. Energia
  7. Capacidade de calor

Uma maneira simples de distinguir propriedades intensivas de propriedades extensas é colher duas amostras da mesma substância. Se a propriedade for alterada ou duplicada quando você combinar as duas amostras, a propriedade é extensa. Se a propriedade não for afetada, é intensivo.

Propriedades Intensivas vs. Extensivas

Qual é, então, a diferença entre propriedades intensivas e extensivas?

A maior diferença entre os dois é que as propriedades intensivas não são afetadas pela quantidade da matéria, ao passo que as propriedades extensivas são afetadas pela extensão da matéria. Por exemplo, se você adicionar outra xícara de café à sua xícara de café existente, a cor e o odor do café (ambas propriedades intensivas) ainda serão os mesmos. Porém, o volume do café (uma propriedade extensa) vai mudar.

Outros exemplos de propriedades intensivas incluem temperatura, densidade, estado da matéria, pressão, ponto de ebulição e fusão, dureza, maleabilidade, ductilidade, etc. Exemplos comuns de propriedades extensas são massa, tamanho, peso, energia, quantidade de movimento e capacidade térmica.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *