melhor tesoura revisão 2021

Os fatores decisivos para a escolha das tesouras

Neste guia de compras iremos descrever e analisar todas as características mais importantes das tesouras de jardinagem, para compreender quais os elementos que as diferenciam e para que utilizações são indicadas. Existem muitos tipos de tesouras e todas possuem o mesmo funcionamento básico, porém diferem em características como tamanho ou tipo de lâmina. Além disso, destacamos que no mercado é possível encontrar tesouras motorizadas elétricas ou pneumáticas que são acionadas respectivamente por um motor elétrico ou por um cilindro pneumático movido a ar comprimido.

Tipologia

As tesouras têm uma estrutura bastante simples e, como antecipamos na introdução, os modelos de diferentes tipos também compartilham elementos como lâminas e cabos. No entanto, existem modelos de tesouras com lâminas ou cabos mais longos e também alguns com catracas. Agora vamos ver o tipo de tesoura mais comum disponível no mercado:

Tesouras com catraca

Tesouras deste tipo têm cabos e lâminas curtas, mas ao contrário das tesouras de poda normais, eles têm uma espécie de tampa de metal para proteger os nós da mão: esta tampa é chamada de catraca e pode ser útil para abrir a tesoura quando ela fica presa sem sair a maçaneta. Tesouras deste tipo são ideais para podar todas aquelas plantas com ramos densos ou, por oferecerem um agarre mais seguro, aquelas plantas que o obrigam a ficar em posições incômodas.

Tesoura de poda

As tesouras de poda, como as tesouras de catraca, também têm lâminas e cabos curtos. Eles geralmente são usados ​​para podar galhos verdes e secos de pequeno diâmetro, como caules de rosas ou galhos menores em árvores frutíferas. As tesouras de poda são a ferramenta ideal para cuidar de plantas pequenas omo bonsai, flores e todas as plantas jovens. Por serem ferramentas pequenas, oferecem um corte muito preciso e delicado.

Tesoura de cabo longo

Tesouras deste tipo também são chamadas de tesouras precisamente porque são adequadas para atingir ramos mais altos e grossos. Possuem lâminas curtas e cabos muito longos: esta característica permite exercer uma grande pressão sobre as lâminas com pouco esforço, além disso o comprimento dos cabos pode ser ajustado e normalmente é suficiente para conseguir cortar os galhos baixos das árvores sem usando uma escada, um recurso que torna o trabalho no jardim muito mais fácil e rápido. As tesouras de cabo comprido são a ferramenta indicada para todos aqueles processos que se realizam em árvores de certa altura e em trepadeiras ou em todo o caso de difícil acesso. As alças longas permitem chegar ao topo e cortar facilmente até galhos grossos.

Tesoura para sebes

As tesouras para sebes têm cabos e lâminas compridas: para ser franco, os cabos não são tão compridos como os das tesouras de podar, embora sejam suficientemente grandes para serem segurados com as duas mãos. Esta característica torna o corta-sebes adequado para cortar grandes porções de ramos e folhas e para cortar ramos de tamanho médio. Devido ao seu tamanho e forma, os corta-sebes são adequados para trabalhar em relva alta ou plantas como sebes, ou seja, onde uma grande área deve ser cortada com uma certa precisão. Na verdade, as lâminas desta ferramenta formam um ângulo com as alças para tornar o corte mais confortável seguindo uma superfície plana.

Diâmetro de corte máximo

Este valor depende certamente de vários elementos estruturais da tesoura como o tipo de lâminas, o seu revestimento e sobretudo o comprimento dos cabos. Antes de prosseguir com a compra, é bom consultar o diâmetro máximo dos galhos nos quais a tesoura pode ser utilizada. Esse valor pode variar dependendo da condição do galho: galhos secos costumam ser mais duros e difíceis de cortar, enquanto os que ainda estão verdes podem ser cortados com mais facilidade. Por este motivo, o diâmetro máximo de corte também pode variar em função do estado do ramo, por exemplo existem tesouras que podem cortar ramos secos até um diâmetro de 40 mm e ramos verdes até um máximo de 51 mm. Com isso em mente, torna-se importante entender que tipo de trabalho você deseja realizar

Tipo de lâmina

Embora possam ter a mesma aparência, as lâminas de cisalhamento diferem em muitos recursos. O primeiro aspecto, que já mencionamos e que é mais fácil de notar, é certamente o tamanho da lâmina, que na verdade pode variar tanto em comprimento como em largura; no entanto, falaremos sobre esse recurso no próximo parágrafo.
Um segundo aspecto que varia entre os diferentes modelos de cisalhamento é a forma da borda da lâmina. Mesmo que você não perceba, o gume desempenha um papel fundamental na qualidade do corte. Isso se aplica a todos os tipos de lâminas, basta pensar nas facas de cozinha: há lâminas retas e curvas, lâminas lisas e lâminas serrilhadas e muitos outros tipos diferentes. Cada forma tem um efeito diferente no objeto que vai cortar e isso também se aplica a tesouras e plantas. Aqui estão as principais características que variam entre as lâminas das tesouras do mercado:

Forma

Aqui estão os tipos mais comuns de lâminas disponíveis no mercado:

  • Lâminas retas;
  • Lâminas onduladas;
  • Lâminas de desvio.

A forma mais comum de lâminas de cisalhamento é a reta. As lâminas deste tipo garantem um corte eficaz, mas não são particularmente delicadas para as plantas. Embora o corte seja limpo, a lâmina reta tende a esmagar a parte cortada, aumentando o sofrimento da parte afetada. As tesouras de lâmina reta são adequadas para cortar grama, arbustos jovens, sebes e madeira macia em geral.
As lâminas onduladas como as retas permitem obter um corte limpo e preciso, mas ao contrário destas últimas tendem menos a esmagar a planta, proporcionando um corte mais preciso e, na medida do possível, delicado.
Por fim, as lâminas de bypass são as mais delicadas. As lâminas de bypass consistem em duas lâminas que deslizam uma sobre a outra para obter um corte limpo e preciso. Portanto são os indicados para o corte de uma planta viva e funcionam muito bem para o corte de madeira jovem e macia.

Revestimento

Outro aspecto que não deve ser subestimado é o revestimento da lâmina. As tesouras são utilizadas em condições de alta umidade e, devido ao tipo de trabalho que executam, estão sujeitas a um desgaste mais rápido do que outros tipos de ferramentas de lâmina. Por este motivo, as lâminas de cisalhamento muitas vezes são revestidas, um elemento adicional que também melhora a qualidade do trabalho e a velocidade de execução. Para o revestimento espesso, os seguintes materiais são usados:

  • Teflon: material altamente antiaderente que pode suportar temperaturas que chegam a 300 ° C. Este revestimento reduz o atrito e permite fazer cortes com mais facilidade;
  • Titânio: este material é extremamente resistente a choques e altas temperaturas, tanto que é amplamente utilizado para a construção de aeronaves aeroespaciais. O revestimento de titânio garante uma longa vida útil para as tesouras.

Comprimento da lâmina

Como antecipamos anteriormente, o comprimento da lâmina é um elemento que varia muito entre os diferentes tipos de tesouras e também entre as tesouras do mesmo tipo. Aqui está um resumo do comprimento médio das lâminas dos diferentes tipos de tesouras no mercado:

  • Tesouras de poda: este tipo de tesouras está equipado com lâminas bastante curtas que variam de 20 a 40 mm;
  • Tesouras de podar: neste caso as lâminas são mais compridas, mas ainda muito curtas em relação ao comprimento dos cabos. Seu comprimento é de cerca de 82 mm;
  • Tesouras para sebes: as tesouras deste tipo são as equipadas com as lâminas mais compridas e, por isso, são adequadas para cortar relva e sebes. Suas lâminas geralmente excedem 200 mm.

 

Alças

Como já dissemos, as tesouras são ferramentas essenciais e, por isso, a atenção aos detalhes é muito importante. Por este motivo é muito importante que o acabamento dos cabos seja cuidado, para que a ferramenta seja fácil e confortável de usar e também segura. Os dois principais elementos a ter em conta para perceber se os cabos são de boa qualidade são a ergonomia e a presença de um revestimento antiderrapante.
Como todas as ferramentas que devem ser manuseadas, as tesouras também devem ser ergonômicas. Isso, no nosso caso, significa ter as alças com um formato adequado para acomodar os dedos ao segurar a tesoura. Além disso, normalmente os melhores modelos têm uma capa de borracha macia e antideslizante, para que você não corra o risco de perder o controle da tesoura ao usá-la.
Outro elemento importante é uma saliência no lado interno da parte final das alças, aquela próxima ao corpo do usuário para ficar clara. Essas pequenas protuberâncias de borracha macia amortecem o impacto quando as duas alças entram em contato e evitam que o usuário belisque os dedos ou a pele da mão.

Outros fatores a ter em mente ao escolher a tesoura

Os materiais são importantes?

Como já dissemos nos parágrafos anteriores, os materiais são muito importantes, principalmente no que diz respeito às lâminas. As lâminas da tesoura são de fato usadas em ambientes muito úmidos e geralmente são armazenadas em ambientes que são afetados pela umidade e temperatura externa. Por isso o material das lâminas é essencial. Se você não prestar atenção a este aspecto, pode acontecer que compre um modelo de tesoura que em pouco tempo ficará inutilizável ou pelo menos não será capaz de manter o mesmo desempenho por muito tempo. Além disso, recomendamos que você também preste atenção ao material de revestimento do cabo de cisalhamento, que, além de possuir um formato altamente ergonômico, deve ser revestido com um material emborrachado macio e antiderrapante.

A marca é importante?

No mercado de produtos de jardinagem, existem muitos fabricantes que diferem em muitos aspectos. Porém, é difícil identificar um verdadeiro líder no setor, até porque grande parte dos produtos pertencentes a este mercado não requerem grandes conhecimentos técnicos ou tecnológicos para serem produzidos e comercializados. Com isso em mente, é fácil entender por que existem tantas empresas que produzem produtos para o cuidado de jardins. Em última análise, podemos dizer que a marca da tesoura não é um aspecto importante, especialmente não é tão importante quanto os outros elementos de que falamos neste guia de compras. No entanto, recomendamos que você conte com empresas que também estão disponíveis para assistência pós-venda.

O preço importa?

Mesmo pelo preço não temos muitas indicações para lhe dar. As tesouras mais baratas não ultrapassam os € 10, enquanto as mais caras chegam aos € 30. Se você está começando ou não usa tesouras com frequência, aconselhamos que compre algumas tesouras bem baratas para saber se são do tipo certo para você e se são úteis para cuidar das plantas do seu jardim. Se, por outro lado, você já é prático e talvez use a tesoura também para o trabalho, ou pelo menos para trabalhos muito frequentes, então pode ser o caso de escolher algo mais caro e que pode durar mais com o tempo.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *